Pesquisar este blog

ABOUT.ME

sábado, 9 de maio de 2015

A NOVIDADE NÃO É A CORRUPÇÃO, MAS A INDIGNAÇÃO

A NOVIDADE NÃO É A CORRUPÇÃO, MAS A INDIGNAÇÃO:

corrupcao_1.jpg




A NOVIDADE NÃO É A CORRUPÇÃO, MAS A INDIGNAÇÃO



Por JORGE SANTANA



"Tristemente, embora previsível, percebemos que a mesma mídia que ignorava os esquemas do passado, agora amplifica os do presente (que existem e são igualmente reprováveis), agindo com vergonhosa seletividade.



Lembro bem da minha condição de membro do clube dos indignados, escasso de sócios, sobretudo nos governos Sarney e FHC. A escandalosa compra de parlamentares por R$ 200 mil per capita para aprovar a emenda da reeleição; os bilhões (fala-se em 100 bi) do Banestado; os anões do orçamento; a privataria (imaginemos uma empresa como a Vale ter sido vendida pela bagatela de R$ 3 bi) etc, etc, etc. Mas por que havia tão poucos indignados?



Primeiramente, porque não existiam as redes sociais; em segundo lugar, porque a grande mídia, quando muito, dava a esses fatos "destaque" de notas de pé de página. A Polícia Federal estava longe de ter a autonomia que tem hoje. O Procurador Geral da República (criativamente chamado de Engavetador Geral pelas mais óbvias razões) era escolha exclusiva do presidente, sem essa modernidade de submeter-se ao resultado da eleição da Associação dos Procuradores. A CGU? Foi criada em 2003.



Conclusão: houvesse tapete para esconder tamanha sujeira!



Hoje, a história é outra, revelando o quanto estamos progredindo no combate aos efeitos (prestem atenção, não estou falando das causas) da corrupção.



Tristemente, embora previsível, percebemos que a mesma mídia que ignorava os esquemas do passado, agora amplifica os do presente (que existem e são igualmente reprováveis), agindo com vergonhosa seletividade. Isso desperta na desavisada audiência um natural sentimento de indignação - facilmente convertido em ódio -, que passa a ser manipulado objetivando, tão somente, a troca de governo, enquanto ignora solene e intencionalmente o verdadeiro alvo a ser mirado.



Trocar A por B no governo, sem tocar no viciado e exaurido sistema político-eleitoral, equivale a somar zeros.



Gritar "Basta" e bater panelas, é indignação produzindo ação inócua. Mais ou menos como querer curar uma doença grave com medicamentos que apenas mitigam os sintomas.



A palavra de ordem tem que ser outra.



Precisamos gritar, em uníssono:



Basta de hipocrisia!

Reformas Já!"




FONTE: escrito por Jorge Santana, engenheiro, empresário, ex-dirigente de entidades empresariais e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Sergipe. Publicado no portal "Brasil 247" (http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/180222/A-novidade-n%C3%A3o-%C3%A9-a-corrup%C3%A7%C3%A3o-mas-a-indigna%C3%A7%C3%A3o.htm).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reuters: Top News

Reuters: World News

Reuters: Arts

Reuters: Sports News

Reuters: People News

Reuters: Entertainment News

Reuters: Technology News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SEGUIDORES NO GOOGLE +

Testez la vitesse de votre connexion Internet ADSL, câble ou FTTx