Pesquisar este blog

ABOUT.ME

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Julgamento de embargos sem previsão de tempo


País

Julgamento de embargos sem previsão de tempo

Barbosa acha que sessões só começarão em agosto

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro
Brasília -  Em rápida sessão administrativa realizada na noite desta quarta-feira (22/5), por proposta do decano Celso de Mello, os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram que o início do julgamento dos embargos declaratórios dos 25 condenados na ação penal do mensalão só ocorrerá 10 dias depois de o relator do processo, Joaquim Barbosa, se considerar "preparado", e mandar publicar, no Diário da Justiça e no site do STF, a data do reinício das sessões.
Barbosa: "estou longe de estar preparado" 
Barbosa: "estou longe de estar preparado" 
Logo depois da reunião, Barbosa admitiu, ao ser indagado pelos repórteres, que as sessões para a discussão e votação dos embargos (apenas os declaratórios) só devem ser realizadas depois do recesso de julho do STF.
Duranta a sessão administrativa, ele disse aos seus pares que "estou longe de estar preparado" para levar já os recursos a julgamento, já que há peças de mais de 150 páginas.
A proposta feita pelo ministro Celso de Mello não estava na pauta da sessão administrativa, mas o decano pediu ao presidente do STF que "todos" (ministros, o chefe do Ministério Público, os réus e seus advogados) fossem informados do início do julgamento dos embargos com uma antecedência de pelo menos 10 dias, a fim de que se preparassem devidamente os seus votos, e não fossem surpreendidos pelo relator. No caso, o próprio ministro Joaquim Barbosa logo concordou com a proposta, assim como os demais ministros.
Tags: demais, depois, devem, jb, relator
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reuters: Top News

Reuters: World News

Reuters: Arts

Reuters: Sports News

Reuters: People News

Reuters: Entertainment News

Reuters: Technology News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SEGUIDORES NO GOOGLE +

Testez la vitesse de votre connexion Internet ADSL, câble ou FTTx