Nos últimos dias a notícia do mercado financeiro não podia ser outra, a não ser a queda do Império de Eike Batista, construído em pouquíssimo tempo.
Eike é o exemplo de capitalista moderno para o momento recente do Brasil, mas que já vai superado em países como Japão e Estados Unidos.
Aquele tipo de capitalista que consegue amealhar pessoas com a promessa de um investimento rentável no futuro.
Ainda sem produzir nada, conseguiu arrecadar bilhões de reais nas operações de IPO´s do seu grupo para começar a produzir. Alguns investimentos não deram em nada e isso está pesando bastante no conjunto do grupo.
Com um descasamento enorme entre fluxos de caixa, credores estão vendo o calote cada vez mais perto, dentre eles o BNDES, Bradesco, Caixa Econômica Federal e mais 9 bancos privados. Além de muita gente que apostou na astúcia empresarial de Eike Batista.
Só para ter uma ideia da perda de valor, segundo dados Economática, divulgado pela Folha, quem colocou R$ 10 mil em ações da OGX, hoje possui R$ 192,55. As ações caíram de R$ 23,37 o lote, para R$ 0,45.
O gráfico é impressionante.
Como disse a The Economist sobre Eike: Easy Come, Easy Go.
Obvio que sua bancarrota não fará com que você o encontre na fila do ônibus ou mesmo sem muito dinheiro, mas para quem tinha como objetivo ser